grafico
grafico
Vinhos e uvas Pinot Noir

Vinhos e uvas Pinot Noir

Antiga e nobre na Argentina, é uma das variedades introduzidas graças a materiais genéticos selecionados. Embora a superfície cultivada com esta cepa aumentasse nos últimos anos, isto não foi refletido na quantidade de vinhos tranqüilos com esta denominação no mercado. É que uma grande percentagem destas uvas é utilizada para a elaboração de vinhos base para espumantes. A Patagônia argentina logra vinhos aptos para transcender vários anos.

Segundo os diferentes clones – é a variedade que mais rápido produz mutações-, sua cor vai desde o rubi até o vermelho intenso, conservando sempre os aromas a framboesas, beterraba e terra que o caracterizam.

Pinot Noir

grafico
Informação
grafico
Pinot Noir História: De linhagem francesa, oriundo da Borgoña, intervém no clássico corte do Champagne junto com o Chardonay e o Pinot Meunier. Chegou à Argentina graças à importação de materiais selecionados. Logra notas excelentes em zonas mais frias como Río Negro e o Valle de Uco.
Superfície: 1.047 hectares.
Folha: pouco dobrada e pouco contorcida, mediana, verde obscura, e tri e pentalobada.
Cacho: pequeno, bem cheio, cilíndrico e alado.
Grão: preto azulado, pequeno e de polpa branda.
O vinho: Cor pouco concentrada, com matizes bordô. Aromas que lembram as uvas muito maduras, taninos generosos e robustos; com a criança pode desenvolver notas de café e tabaco. Expressa seu potencial nas zonas mais frias e com baixos rendimentos.
grafico
grafico
grafico
grafico